Repórter por um dia: Pedrinho dá dica de pizza e lembra a importância do cardápio em Braile

Aos 9 anos, Pedrinho já sabe que quando crescer quer ser jornalista. Fã do Baixa, ele levou eu e a Duda para jantar e deu um show de amor e alto astral nas dicas

Publicado por em 12/10/2018

Esse é o Pedro! Ele tem 9 anos e quando crescer quer ser jornalista. Por isso convidamos ele para ser repórter por um dia e indicar um lugar para jantarmos.

O Pedrinho encontrou o Baixa enquanto pesquisava restaurantes em Londrina no Google. Desde então ele sempre acessa o site, através de um aparelho voltado para deficientes visuais, que transforma em áudio tudo o que está escrito na internet.

Fomos jantar no 21 Cocktail Bar, o lugar escolhido por ele. “Aqui é top, o pessoal é atencioso, o ambiente é ótimo, a música é boa”, contou.

O que comer? “A batata, as pizzas e a batata 21 recheada”, essas são as dicas do Pedro para provar no 21.

Com a memória afiada e muito bom humor, o pequeno jornalista sabe o telefone, endereço, cardápio e outras informações de praticamente todos os lugares que já foi comer. Pedrinho também faz questão de ligar no 0800 dos produtos que quer fazer críticas, e foi assim que até conselheiro da Cacau Show ele se tornou.

“O Pedro tem muito isso de ligar, de elogiar, fazer críticas construtivas a um local ou produto, e foi assim que a Cacau Show convidou ele para ser conselheiro. Desde então eles nos enviam caixas, produtos que serão lançados, e pedem para preenchermos fichas com a opinião dele”, conta Regina, a mãe do Pedrinho, uma pessoa admirável que também adoramos conhecer.

Durante a noite, ela foi contando várias histórias do filho, entre elas a do dia em que o Pedrinho encontrou o médico que sua avó precisava e depois ainda ligou em diversas farmácias para orçar medicamentos, conseguindo amostras gratuitas para a vovó.

O Pedro é autônomo e pró ativo, mas chama a atenção da sociedade para que não se esqueça de prover acessibilidade para aqueles que necessitam.

“Alô, restaurantes! É muito importante vocês terem cardápio em Braile para nós”.

Uma atitude simples, que pode trazer mais inclusão para pessoas com deficiência visual. Os estabelecimentos que quiserem criar versões em Braile de seus cardápios podem buscar ajuda no Instituto Roberto Miranda, pelo telefone (43) 3327-4330. Ligue lá e depois avise o Baixa, pois queremos divulgar todos os locais que ofereçam cardápios em Braile.

Conversa vai, conversa vem e nossa pizza chegou. De acordo com o Pedro a Long Pizza é uma delícia e precisa ser provada. A dica é a de 4 queijos, que custa R$64 e serve quatro pessoas.

A massa é de fermentação natural, deliciosa mesmo. Amamos a dica, Pedro!

Para acompanhar a comilança, pedimos um suco de morango maravilhoso! Custa R$8,90 e dá vontade de tomar vários!

Claro que não iríamos embora sem comer sobremesa, né! E a dica do Pedro foi a taça Chocólatra, que custa R$28, e leva chocolate amargo, cookies, creme 21, Ovomaltine, sorvete Laka, ganache, morango e Kinder barra.

Olha que lindeza a surpresa da equipe 21. Eles escreveram Feliz Dia das Crianças em Braile. Das sutilezas que fazem a diferença.

Passar esse tempinho com o Pedro, me lembrou de olhar para a minha criança interior. Será que tenho dado ouvidos aos sonhos, leveza, alegria que ela me pede? Manter contanto com a nossa criança eterna aqui de dentro, nos conecta com o lado mais puro da vida, uma verdadeira janela pra alma.

Obrigada Pedrinho, você é uma inspiração. Esperamos nos encontrar muitas e muitas vezes 🙂

Confira essa experiência em vídeo 🙂

Atenção: as informações, promoções e preços descritos referem-se a data da publicação e estão sujeitos a alterações sem aviso prévio.