Toca do Bode

Um boteco pra chamar de seu

Publicado por em 24/04/2014

Dona Helena é perfeccionista. Mesmo com 76 anos, ela acorda todo dia cedinho e começa a fazer caprichosamente os salgadinhos que, à noite, farão a alegria da clientela fiel da Toca do Bode.

Quem conhece esse boteco já deve ter visto a batchan. De noitezinha ela ainda tá lá, cuidando da cozinha com maestria. Na lida com os clientes, ficam Beth, Helô e Nair – as irmãs Nagao.

A simpatia e o capricho dessa família tem conquistado gerações de londrinenses desde 1982. O nome do boteco surgiu de um cliente e amigo do marido de Dona Helena, que usou o próprio apelido para batizar o bar.

toca-do-bode-13

O boteco tem um ambiente muito sossegado. A maioria da clientela é de homens. “A gente conhece todo mundo, e eles (os clientes) também se conhecem, viram amigos”, conta Helô. Mas homem ou mulher, de terno ou de chinelo, aqui todo mundo é muito bem vindo.

toca-do-bode-12

Este boteco é a prova de que certas coisas não devem ser gourmetizadas complicadas. Lá não tem cardápio, não. É que a maioria dos clientes já sabe de cor tudo que tem. Mas, para os novatos, é só perguntar pras Nagao quais as delícias do dia, que elas irão listar: pastel, bolinho de carne, cabotiá com carne seca, panceta, coxinha de frango e de bacalhau.

Começamos o happy hour com o Bolinho de Cabotiá com Carne Seca (R$15). A porção inteira vem com cerca de 10 bolinhos esteticamente impecáveis. Perfeito para os primeiros goles de cerveja – que chegou geladíssima à nossa mesa.

toca-do-bode-16toca-do-bode-17toca-do-bode-15

A perfeição também está no sabor. Sequinhos e com uma camada bem fininha e crocante. Suave e maravilhoso.

toca-do-bode-14

Por indicação de vizinhos de mesa, pedimos os famosos Pasteizinhos (R$7,50). A meia porção vem com quatro pasteis mistos (queijo e carne), super recheados, sem miséria. E a massa é tão sequinha, que nem parece fritura hehehe.

toca-do-bode-11

Essa massa é feita na hora. Eu vi com meus próprios olhos! Talvez seja esse o segredo desta maravilha, que foi um dos melhores que já provei. E tem azeitona!

toca-do-bode-09 toca-do-bode-05

O Bolinho de Carne é outro clássico que segue à risca os caprichos de Dona Helena. A meia porção custa R$ 7,50 e vem com 5 bolinhos muito bem temperados.

toca-do-bode-07toca-do-bode-06Tem botequice maior que Panceta? Pai amado, isso com limão é o paraíso. Pedimos meia porção (R$9). Muita carne, quase nada de gordura.

toca-do-bode-04Pra fechar, não poderíamos deixar de provar a Coxinha de Bacalhau (R$10 meia porção). Tem dias que também tem de frango. Como todas as outras porções: massa leve, camada crocante, super sequinha e bem recheada.

toca-do-bode-02toca-do-bode-01

Bom, a Toca do Bode é tipo “novos amigos de infância”. Você conhece e já se sente em casa. As irmãs Nagao se viram nos trinta e atendem todo mundo super bem, todas as porções estavam deliciosas e o preço mais que honesto (as porções inteiras vão de R$15 a R$20). Pedimos tudo isso aí e mais 4 cervejas e nossa conta deu R$76 – a idade da Dona Helena! Em 4 pessoas, deu R$19 para cada.

Aos sábados rola comidinha caseira à vontade (R$22). Geralmente bisteca alta, arroz, feijão, saladinha. Nós ainda não provamos mas a galera que estava no bar recomendou.

Corre lá e não faça como eu, que demorei tanto tempo pra conhecer essa beleza de boteco!

Toca do Bode

Quanto?

  • EM MÉDIA R$30

O que?

  • BARES

Adicionais

  • A LA CARTE

Rua Assunção, 189

Abre de segunda a sábado – de tardezinha até de noitão

Atenção: as informações, promoções e preços descritos referem-se a data da publicação e estão sujeitos a alterações sem aviso prévio.

10 Comentários para “Toca do Bode”

  1. A panceta desse lugar é bom demais!! E agora deu vontade de ir experimentar o bolinho de cabotia com carne seca.

    Responder
  2. Lucas Araújo

    Porções com valores bem justos – isso levando em conta o fato de serem muito boas.
    A cerveja, bem gelada. Preço "normal".
    Fui em um sábado, mas o boteco não ficou aberto até, assim, tão "tardão". Fecharam entre 0h30 e 1h00, sob a justificativa, dada gentilmente, de estarem trabalhando desde o começo do dia.

    Responder

Responder